O Projeto

Abrigo de Histórias é um projeto de incentivo a leitura para pessoas em situação de alta vulnerabilidade social, realizado em albergues e abrigos que acolhem esse público na cidade de São Paulo. São realizadas atividades de rodas de histórias e mediação de leitura para as pessoas atendidas pelo albergue, apresentando contos populares de diversas culturas e poemas.

Pensando na sustentabilidade da ação e na multiplicação da mesma, cada instituição também participa de encontros de formação sobre narração de histórias para a sua equipe técnica.

Pesquisas revelam que 74% dos moradores de rua são alfabetizados, isso confirma a demanda de leitores que, em sua maioria, não participam de nenhuma atividade literária e que poderiam ter nela, acesso a informação e saberes culturais que possam contribuir para o seu desenvolvimento intelectual, seu equilíbrio emocional e a sua reinserção social.

Por meio das obras literárias podemos nos encontrar e reencontrar quando ouvimos ou lemos uma boa história, pois imediatamente ela nos conecta com a nossa própria história nos despertando sensações, emoções e lembranças que nos dizem sobre quem somos. Também nos traz elementos da nossa cultura raiz nos mostrando de onde viemos e a que pertencemos, ou ainda, nos apresenta culturas diversas e elementos nunca antes conhecidos. Nas histórias, encontramos uma fonte de sabedoria e conhecimentos que são transmitidos através de gerações.

Público alvo: Adultos em situação de vulnerabilidade social que são acolhidos em albergues e abrigos sociais.

Ficha técnica

Coordenação artística e pedagógica: Célia Gomes

Contadores de histórias: Célia Gomes e Fábio Rosa

Músico: Fábio Rosa

Figurino: Christina Guimarães

Arte e Designer: Eduardo Souzacampus

Vídeo e fotos: Guetto filmes – Andres Legum e Ivan Machini

Realização: Cia Palavras Andantes

2 respostas para O Projeto

  1. Luiz Alfredo Colombo disse:

    Célia
    Parabenizo-a por este maravilhoso trabalho. Através de programas sustetáveis socialmente podemos sim levar uma contribuição por menor que seja aqueles mais necessitados e que na sua maioria sentem a falta deste carinho.

    Abs
    luiz alfredo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s